Cientistas descobrem oito tipos diferentes de coronavírus espalhados pelo mundo

Na última semana, mostramos como as várias mutações do coronavírus podem fornecer informações importantes a cientistas de todo o mundo. O trabalho realizado pelo biólogo computacional Trevor Bedford, do Nextstrain.org, mostrou que a doença sofre mutações a cada 15 dias. Um dos resultados mostra que, ao menos, oito tipos de coronvírus estão se alastrando globalmente.…

Na última semana, mostramos como as várias mutações do coronavírus podem fornecer informações importantes a cientistas de todo o mundo. O trabalho realizado pelo biólogo computacional Trevor Bedford, do Nextstrain.org, mostrou que a doença sofre mutações a cada 15 dias.

Um dos resultados mostra que, ao menos, oito tipos de coronvírus estão se alastrando globalmente. Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores analisaram duas mil sequências genéticas do novo vírus. O site mostra a mutação do coronavírus em tempo real.


Coronavírus: postagens de Bolsonaro com fake news sobre COVID-19 são apagadas do Twitter


Segurança
30 Mar


Coronavírus: Brasil chega a 159 mortes em 4.579 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19


Tech
30 Mar

As imagens obtidas permitem que os pesquisadores vejam em que localidades a transmissão comunitária é generalizada, mostrando se as medidas de isolamentos foram eficazes na região.

Especialistas veem o banco de dados como essencial para fornecer informações sobre como o vírus está se movimento nos EUA, por exemplo, especialmente pela capacidade de fazer o sequenciamento genômico em tempo real, vendo assim quais as linhagens do vírus estão circulando.



Na costa oeste, por exemplo, a maioria dos casos está ligada a um tipo do vírus visto pela primeira vez na capital Washington. Esta tem apenas três mutações em relação à primeira espécie conhecida. Na costa leste, por outro lado, o vírus parece ter vindo diretamente da China, passando pela Europa e, posteriormente, chegando a Nova Iorque e outros estados.

O país é o primeiro do mundo a ultrapassar a marca de 100 mil casos de coronavírus, e caminha para ser o epicentro da pandemia. Com pouco mais de 140 mil pessoas infectadas, as mortes passam de 2,4 mil. O Brasil conta, neste momento (30 de março), com 159 mortes em 4.579 casos confirmados.


Read More